Cuidados a ter com o seu relvado no verão

 Após a primavera, o verão significa que temos de olhar para os nossos relvados com mais atenção e dedicar-lhe outros cuidados. Não só o calor e a pouca humidade no ar que danificam, como exigimos mais deles no verão. Todos queremos os relvados exuberantes e verdes para todas as nossas atividades ao ar livre.

 Quem não adora passar um dia agradável no nosso jardim, apenas estendidos ou a receber os nossos amigos. Ora, relaxar num relvado verde, bem tratado, torna toda esta experiência muito mais prazerosa. Mas, para um relvado, esta pode ser a época mais stressante do ano. O crescimento diminui, a cor pode desaparecer, a recuperação do desgaste é bem mais lenta…

 No entanto, ao percebermos e respeitando as mudanças sazonais da relva, podemos tomar medidas necessárias para cuidar do nosso relvado à medida que as temperaturas aumentam.

 

relva-natural-verão

 

Assim recomendamos 3 cuidados essenciais a ter com o seu relvado no verão: 

 1. Regar o relvado 

A coisa mais importante que podemos e devemos fazer é providenciar-lhe água. Regue nos momentos em que existe menor probabilidade de a água evaporar, ou seja, logo de manhã cedo (reduz a evaporação e o crescimento de fungos) e ao final do dia. Regue o solo, não as plantas, pois, plantas molhadas podem ficar doentes. Regue bastante poucas vezes, de modo que a zona das raízes esteja húmida e não ensopada.

 Evite fazer aspersões leves diárias, dado que isso pode fazer com que as raízes cresçam superficialmente e fiquem mais propensas a secar. Um relvado bem alimentado e mantido terá um sistema radicular mais forte e mais profundo, permitindo que ele resista e se recupere de longos períodos de seca.

 Veja através da nossa infografia como regar o seu relvado.

regar-o-relvado

2. Cortar o relvado: 

Tente cortar o relvado pelo menos uma vez por semana, mantendo a altura da relva até cerca de 3 a 3.5 centímetros, nesta época do ano. A relva mais alta é mais tolerante à seca, as raízes tornam-se mais profundas e previne o aparecimento de ervas daninhas.

Certifique-se de que todas os restos da relva são recolhidos e compostados. Caso use um corta-relvas com mulching, aí sim pode deixar as aparas microscópicas no relvado, para o alimentar.

Evite cortar muito curto, pois isso pode levar ervas daninhas e musgos a introduzirem-se no seu relvado. Em zonas com climas muito quentes e secos, o relvado ficará mais stressado, sendo recomendável reduzir a quantidade de cortes e permitir que a relva cresça um pouco mais.

A regra, se podemos falar assim, é corte pouco, mas com regularidade.

É muito importante manter as lâminas do cortador afiadas. Se as lâminas não estiverem bem afiadas, poderá esgaçar as folhas da relva e deixá-las vulneráveis à entrada de fungos.

Se as ervas daninhas são o principal problema para o seu relvado, aplique um herbicida seletivo de relva, que não a prejudique. Se precisar de ajuda, contacte-nos através da nossa linha de apoio SOS relvados, basta enviar-nos uma fotografia das ervas daninhas que estão a aparecer no seu relvado e nós ajudamos da melhor maneira.

Veja também a nossa infografia, com as indicações de como cortar o seu relvado

3. Alimentação do relvado

     O tempo quente proporciona um crescimento rápido do relvado, esgotando os nutrientes no solo. Pode ajudá-lo ao lhe fornecer uma boa alimentação para o manter com um excelente aspeto.

     Para obter um verde rápido, use fertilizante de libertação imediata preferencialmente dissolvido na água da rega. Para áreas maiores, aplique um fertilizante granular, usando um espalhador — acelerará o processo e o relvado fica melhor e mais equilibradamente alimentado. Durante épocas de seca, estes produtos precisam de ser regados para ativar a libertação de nutrientes. Veja como adubar o seu relvado, passo a passo, através da nossa infografia.

    adubar-relva-natural

     

     No verão, muitos relvados começam a mostrar sinais de desgaste, especialmente em alguns caminhos mais utilizados. Considere instalar passadiços para minimizar os danos na relva e tentar minimizar o tráfego em relvados dormentes e quebradiços.

     O verão é ainda a época para remover ervas daninhas que estão a crescer antes que floresçam e dispersem as sementes. Existem no mercado herbicidas direcionados para matar ervas daninhas de folha larga sem prejudicar a relva, mas devem ser aplicados quando as temperaturas estão abaixo dos 30ºC durante alguns dias. Lembre-se que, durante o calor do verão, QUALQUER produto pode ser prejudicial a um relvado já stressado, portanto, use com moderação ou arranque manualmente as ervas daninhas.


    Deixe um comentário

    Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos

    Shopify secure badge Top