Artigos Sobre

Artigos Sobre
Como escolher a relva Curiosidades sobre relva Decoração de exterior Grama brasileira Infos Relva Artificial Infos Relva Natural Instalação do relvado Jardins Manutenção do relvado Plantas Problemas no relvado Relva artificial Relva e animais domésticos Relva natural Sebes naturais Tendências Varandas e terraços

Produtos Mais Vendidos

Grass FOOD (adubo) - grass4you
Grama Brasileira _Grama São Carlos

Grama Brasileira

€80.00

Grass REPAIR (mistura de sementes)
Grass FOOD (adubos) - grass4you

Se tem um sistema de rega ou rega o seu relvado com aspersores portáteis, reduza o consumo de água, em geral, utilizando estas dicas de economia de água.

 

 

Preste atenção ao clima

 

Durante o verão podemos ter períodos de chuva seguidos de seca prolongada. Assim devemos ajustar as práticas de irrigação de acordo com a meteorologia. Isso significa não depender a 100% do cronograma de irrigação anteriormente estabelecido.

O “configurar o programador de rega e esquecer”, hábito que geralmente temos em sistemas de rega automáticos, não é válido para os tempos de hoje.

Operar manualmente a rega é uma maneira de resolver esse problema: ligue o programador somente quando o relvado apresentar sinais de seca.

 

 

Selecione gramíneas que usam menos água e que têm alta tolerância à seca

 

Esteja a fazer um novo relvado ou a renovar um relvado existente, a escolha das espécies de relva irá afetar a quantidade e a qualidade da água necessária.

  • Espécies mais comuns de gramíneas reproduzidas por semente são as Festucas sp, a Poa pratensis, o Lollium perene, e as bermudas (Cynodon dactylon spp) propagada por estolhos e rizomas.
  • Das espécies reproduzidas por semente as festucas oferecem a melhor tolerância à seca.
  • A Festuca ovina (festucas finas) necessita de menos água, por seu lado a Festuca arundinacea (festucas altas) têm um sistema radicular profundo capaz de chegar a locais com maior humidade.
  • O Cynodon dactylon é uma espécie muito resistente à seca, pouco exigente em manutenção e com grande capacidade de recuperação.

 

 

Ajuste o programa de rega para economizar água

 

Ajuste o seu programa de rega de modo a não desperdiçar água.

Para incentivar o enraizamento e a tolerância à seca, deve regar o relvado com menos frequência mas com um volume de água suficiente para molhar os solos a uma profundidade de 15cm, supondo que não tenha ocorrido chuva. Dependendo do seu tipo de solo, o seu relvado pode precisar apenas de 5cm de água.

Defina os programas de rega para regar durante as horas da manhã ou à noite. Regar durante o calor do dia reduz a quantidade de água absorvida pelo solo e disponibilizada para as plantas.

 

  • Faça um check up ao seu sistema de rega

Uma auditoria ao seu sistema de rega é um bom passo para a conservação da água.  Facilmente um técnico pode realizar este serviço.

Existem, no entanto, três passos básicos:

  1. Verifique todos os componentes do sistema, incluindo aspersores, válvulas e controladores.
  2. Faça um teste de desempenho.
  3. Programe o controlador.

 

 

Use tecnologias para economizar de água

 

  • Sensor de chuva

Sensores de chuva conectados a programadores de rega são dispositivos comuns de economia de água. Na última década, programadores de rega “inteligentes”, sensores de humidade do solo e aspersores mais eficientes também foram desenvolvidos.

  • Programadores de rega “inteligentes”

Os programadores de rega “inteligentes” economizam água ajustando automaticamente os programas de irrigação com base em estimativas de uso de água ou dados históricos armazenados. Pode também comprar sensores de humidade do solo para incorporar no seu relvado. Estes sensores não permitirão que um sistema de rega funcione se os níveis de humidade do solo forem adequados.

 

 

Melhore a qualidade do solo e do relvado através de uma boa manutenção

 

Os cuidados de manutenção do seu relvado têm um impacto direto nos requisitos de irrigação. Alturas de corte mais altas e o uso adequado de fertilizantes melhorarão a qualidade do relvado e reduzirão os requisitos de irrigação.

Escarificar o relvado seguido de uma adubação com um composto de qualidade pode diminuir a compactação e adicionar matéria orgânica ao solo. Isso melhorará a infiltração da água em solos pesados, bem como aumentará a capacidade de retenção da humidade dos solos arenosos que drenam rapidamente.

 

 

Recicle a água sempre que possível

 

A reciclagem de água para a rega requer um projeto de armazenamento e separação de águas para fornecer água aos aspersores. Pode, por exemplo, reutilizar a água da chuva para regar as suas plantas e o seu relvado.

 

Alterar expectativas

 

Considere alterar as suas expectativas em relação ao seu relvado de modo a permitir uma descoloração temporária durante os períodos de seca.

 

 

Dicas de design para a conservação da água

 

Escolha plantas adequadas ao seu local, incluindo plantas tolerantes à seca para áreas secas. Cubra os canteiros do jardim para reter a humidade do solo e reduzir as ervas daninhas.

Retenha a água no local usando contentores para a chuva, jardins de chuva* e declives/encostas com plantação para promover a infiltração de água no solo e evitar a sua escorrência.

 

Jardins de chuva*: Jardim de arbustos nativos, plantas perenes e flores plantadas numa pequena depressão, que geralmente se forma num declive natural. É projetado para reter e absorver temporariamente o escoamento da água da chuva que flui de telhados, calçadas, pátios ou relvados.

Deixe um comentário

Tenha em consideração que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos.