Como eliminar o musgo no relvado

Se tiver um relvado, provavelmente já deve ter detetado formação de musgo. É habitual o musgo crescer, mas isso é prejudicial para a relva e não é visualmente agradável. Neste artigo indicamos passo a passo como eliminar o musgo no relvado e como prevenir logo à partida o seu aparecimento.

Existem diferentes causas para a formação de musgo no relvado:

    • Solos demasiado ácidos (PH baixo) ou demasiado húmidos;
    • Solos pouco férteis;
    • Relva cortada demasiado curta.

Estes são alguns dos fatores que podem ser factores decisivos para o aparecimento de musgo no relvado.

Musgo-no-relvado

1. Porque se deve eliminar o musgo no relvado?

Se quiser manter o seu relvado bonito, viçoso e saudável, é necessário eliminar o musgo e prevenir o seu reaparecimento. Ao eliminar o musgo vai permitir que a relva tenha acesso a mais luz e oxigénio. As raízes vão ser capazes de absorver os nutrientes do solo e o relvado ficará com um aspeto mais saudável.

2. Quando deve eliminar o musgo no relvado?

Durante o ano, existem dois períodos onde o crescimento da relva é maior: um na primavera (abril/maio) e outro no outono (setembro/outubro). Se eliminar o musgo antes destes períodos, a relva vai conseguir recuperar.

Dependendo do estado da relva, o musgo pode ser eliminado do relvado uma ou duas vezes por ano. Se o musgo volta a aparecer após o ter eliminado, pode sempre repetir o processo uma segunda vez. Se apenas eliminar o musgo uma vez ao ano, deverá fazê-lo de preferência em abril.

Escolha um dia seco para eliminar o musgo, pois será mais fácil a sua remoção.

Eliminar-musgo-no-relvado

3. Como eliminar o musgo no relvado?

1. Retire todas as folhas e outros detritos do seu relvado

 Comece por retirar folhas e outros detritos, tais como galhos, do seu relvado. Estes resíduos devem ser depositados num saco, para que sejam facilmente eliminados.

2. Corte a Relva

 Corte a relva quando estiver maior do que 2 a 3 cm.

3. Elimine o musgo ou escarifique

 Elimine o musgo com a ajuda de um escarificador, veja aqui como escarificar o seu relvado,  ou um arejador de relva. O musgo é facilmente eliminado com um arejador. Depois, basta juntar o musgo num montinho e retirá-lo do relvado. Nalguns locais, o musgo vai ser mais difícil de eliminar. Passe duas vezes com o arejador, primeiro numa direção e depois em ângulo reto. 

4. Semeie as zonas afectadas 

 Ao eliminar o musgo, acaba por ficar com clareiras no relvado no local onde anteriormente estava o musgo. É possível reparar estas falhas semeando relva, veja aqui passo a passo como semear e aqui as sementes que temos disponíveis. 

 A relva germina melhor quando a temperatura não é demasiado elevada. Mantenha o relvado húmido até que a relva germine e evite pisar os rebentos, que são extremamente frágeis.

5. Aplique cal (INVERNO)

 A acidez do solo, o valor do PH, é um fator muito importante para o crescimento da relva. Se o PH for muito baixo, ou seja o solo for ácido, a relva não consegue absorver todos os nutrientes que precisa, por isso irá crescer lentamente. Isso permite que o musgo cresça no meio do relvado.

 

 A aplicação de cal irá aumentar o PH do solo e diminuir a acidez. Utilize cal específica para relvados, espalhando uniformemente assim que chegue o inverno. É possível que esta operação tenha de ser repetida a meio do inverno.

 

6. Fertilize o seu relvado

Todos os relvados precisam de nutrientes. Tendo isso em conta, deve fertilizar o seu relvado 6 semanas depois de ter aplicado a cal. Veja aqui passo a passo como adubar e o nosso adubo que contém todos os nutrientes necessários para fortalecer o seu relvado.

 

 No inicío da Primavera também deverá fertilizar o relvado. Desta forma, vai aumentar a proteção contra doenças, ajudar a relva a recuperar mais rapidamente e obter um relvado mais viçoso e saudável. Um relvado mais denso também diminui a probabilidade de aparecimento de musgo.

 

 

 

4. Como prevenir o aparecimento de musgo no relvado

Prevenir é sempre melhor que remediar. Apenas precisa de incorporar pequenos gestos à sua rotina de manutenção do relvado para conseguir minimizar a formação de musgo no futuro.

  • Certifique-se de que retira folhas, restos de poda e outros detritos do seu relvado regularmente. Desta forma, a relva vai conseguir respirar melhor, e o musgo não vai encontrar o ambiente húmido e escuro que tanto o beneficia.
  • Se aplicar cal todos os anos no começo do inverno e a meio do inverno, o PH do solo não terá tendência para descer demasiado. Faça um teste de PH ao solo antes de aplicar a cal.
  • O musgo gosta de ambientes escuros. Se existirem árvores ou arbustos que façam sombra no seu relvado, considere a possibilidade de podá-los um pouco mais, para deixar passar mais luz solar.

Ficou com dúvidas, entre em contacto connosco AQUI para o podermos ajudar. 


1 comentário

  • Boa tarde,
    Gostaria de saber se ao preço de colocação de telvado inclui a a preparação do terreno?
    Tenho um pequeno relvado com cerca de 60m2 gostaria de o substituir tendo em conta que ja tem cerca de 12 anos e algumas ervas daninhas.

    Rui

Deixe um comentário

Shopify secure badge Top