Como controlar e combater as ervas daninhas no relvado!

É raro o relvado que não tem contenha uma planta infestante; o vento e os pássaros levam sementes de ervas daninhas para o seu jardim. Ter cuidados com a relva é por isso primordial e deve ter a consciência dos seus principais problemas.

Conforme o tempo passa, algumas ervas daninhas podem começar a aparecer no relvado, prejudicando o desenvolvimento e crescimento da relva/grama.

Num jardim bem cuidado, além de serem pouco estéticas competem com as espécies cultivadas pelo espaço, pela luz, pela água e pelos nutrientes, entre outros, pelo que é necessário controlá-las.

Pode controlá-las com um esquema de manutenção; o corte regular elimina-as e a relva saudável acaba simplesmente por sufocá-las.

Quais os tipos mais comuns de ervas daninhas?

Existem vários tipos de plantas infestantes, e podemos dividi-las em duas categorias: umas são flores silvestres de crescimento lento, mas outras são gramíneas resistentes e indesejáveis, ou plantas semelhantes às gramíneas.

O que todas têm em comum é a capacidade de sobreviver ao corte regular. Depois de germinar, propagam-se através de raízes e caules rastejantes, ou das sementes presentes nas aparas.

As mais comuns são:

  • O dente-de-leão (Taraxacum officinale) tem raízes compridas e se lhes cortar a parte aérea nascem mais plantas do mínimo pedaço de raiz que fique no solo. Corte a raíz larga com um canivete ou com a pá de plantar.
Dente de leão_ervas daninhas relvados
  • O botão-de-ouro (Ranunculus repens), que forma tapetes, ou as boninas (malmequeres,calêndulas, etc), mas que para muita gente elas são uma alegria e não um problema. O botão-de-ouro, planta perene com folhas trilobadas e flores amarelo vivo, que aparece em solos húmidos e pesados. Forma estolhos que enraizam rapidamente. Siga o seu rastro e arranque todas as raízes com a pá.
Botão de ouro_ervas daninhas relvados
  • O trevo-branco (Trifolium repens), forma tapetes em solos pobres, levemente alcalinos; as raízes enchem o solo de azoto. Use um herbicida para relvados.
trevo-branco_ervas daninhas relvados
  • A poa-comum anual (Poa annua), uma erva que forma tufos e se espalha por semente; arranque as plantas à mão antes de darem flor.
Poa_ervas daninhas relvados
  • O junco-dos-prados ou junça(Luzula campestris), forma tufos e prefere solos ácidos. Desenterre à mão, aplique cal no inverno sobre a forma de pó.
Junça_ervas daninhas relvados
  • A erva-lanar (Holcus lanatus), uma gramínea rastejante de folhas rudes; corte repetidamente para eliminar os espaços feios, ou desenterre e volte a semear.
Erva lanar_ervas daninhas relvado
  • A tanchagem-maior ( Plantago major), planta solitária com raiz principal e que se espalha por semente. Desenterre as raízes à mão ou use um herbicida de aplicação local.
Tanchagem-maior_ervas daninhas relvados

 

Como aparecem ervas daninhas no meu relvado?

A disseminação das ervas daninhas podem ocorrer através da aplicação de matéria orgânica e/ou mudas contaminadas, equipamentos agrícolas contaminados com restos de outras plantas ou podem ser trazidas a partir de sementes levadas pelos pássaros ou pelo vento e uma vez germinadas dispersam-se. A falta de alimentação regular, a seca, o solo compactado e os cortes apurados e frequentes podem ser a causa do seu desenvolvimento.

Se as ervas são muito vigorosas será necessário retirar e voltar a plantar as zonas afetadas. Recolher as daninhas antes de cortar ajuda a travar a expansão dos estragos. Se já estão presentes mas pouco desenvolvidas, podem ser eliminadas com uma forquilha de mão. Caso contrário, deve usar herbicidas seletivos.

Como combater as ervas daninhas?

Existem diversas técnicas, como é o caso da monda manual, que é a melhor opção para eliminar as que nascem entre outras plantas.

Cavar é adequado quando se começa um novo canteiro, aplicar mulching é um método preventivo e aplicar inseticidas o mais adequado quando já cobriram uma superfície considerável.

A enxada, a forquilha e o ancinho são ferramentas adequadas para a monda manual, prática ideal para pequenas zonas. Se for o caso, arranque todas as raízes para que as plantas não voltem a crescer.

Repassar o terreno uma vez por mês é suficiente para evitar que invadam o relvado, os canteiros ou os maciços. Para não estragar as plantas cultivadas, deve cavar suavemente, raspando entre um a dois centímetros. Faça a operação com tempo seco e sol.

Por vezes, a monda manual não é suficiente e temos de ponderar o uso de herbicidas (monda quimica). Existem diferentes tipos e herbicidas, que devem ser usados com parcimónia e tendo em conta as características da especie e o seu grau de disseminação. Os herbicidas de contacto destroem apenas as partes verdes da planta. Os completos matam toda a vegetação e permanecem ativos durante vários meses. Além disso, há herbicidas específicos para o relvado, os chamados herbicidas seletivos.

Como prevenir o aparecimento de ervas daninhas?

Evitar a disseminação das ervas daninhas é sempre o melhor remédio. Portanto, assim que se virem as ervas daninhas a aparecerem no seu relvado, tente eliminá-las o mais rápido possível.

Colocar uma boa cobertura depois de arrancar as infestantes impede que voltem a nascer já que não receberão luz. Além disso, conserva a humidade, aumenta a fertilidade e melhora a textura do solo. As perenes resistentes só podem ser eliminadas com um plástico espesso e opaco ou uma almofada velha mas a maioria elimina-se com mulching espesso de palha feno ou restos de erva.

Qualquer altura é boa para colocar a cobertura mas os seus benefícios são maiores na primavera, antes que a chuva se tenha evaporado. Os sítios abandonados durante anos, onde as infestantes estão bem estabelecidas, são difíceis de limpar à mão. Nesse caso, use herbicidas. Corte as plantas na primavera e borrife a zona com um produto sistémico, assegurando-se que perto não há raízes de árvores ou arbustos.

Os herbicidas seletivos são produtos químicos tóxicos que requerem manuseamento controlado. Desta forma, para serem adquiridos é necessário uma licença assim como para a sua aplicação.

Caso você tenha mais dúvidas, recomendamos que entre em contacto connosco AQUI.


Deixe um comentário

Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos

Shopify secure badge Top