Artigos Sobre

Artigos Sobre
Como escolher a relva Curiosidades sobre relva Decoração de exterior Grama brasileira Infos Relva Artificial Infos Relva Natural Instalação do relvado Jardins Manutenção do relvado Plantas Problemas no relvado Relva artificial Relva e animais domésticos Relva natural Sebes naturais Tendências Varandas e terraços

Produtos Mais Vendidos

Grass FOOD (adubo) - grass4you
Grama Brasileira - grass4you

Grama Brasileira

€80.00

Grass FOOD (adubos) - grass4you
Grass REPAIR (mistura de sementes)

Sabe qual o tipo de terra que deve incluir no seu terreno? Nós ajudamos!

Esqueça a terra preta, o que a relva natural gosta em termos de substrato é areia do rio lavada.

Para a sua segurança, deverá ser areia de rio lavada, para evitar a contaminação com infestantes e a presença de materiais de natureza granulométrica fina, como argilas e limos, os conhecidos finos nas areias. A granulometria da areia deve situar-se a 90% entre 0,5 e 2 mm e a sua natureza não deve ser calcária. Não se preocupe que os areeiros, como fornecem a areia para construção, têm sempre estas análises feitas às suas areias.

Para conferir ao substrato capacidade para reter água, será conveniente misturar a areia com turfa castanha ou vermelha, numa proporção de 8-9 partes de areia para 2–1 parte de turfa (seca) misturadas previamente ou no terreno, em volume. A camada de substrato onde assenta a relva natural deve ter uma espessura entre 20 a 30 cm e se o fundo da caixa onde vai estar o relvado não for permeável então não se esqueça de prever drenagem.

Saiba como o fazer AQUI!

Deixe um comentário

Tenha em consideração que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos.