Artigos Sobre

Artigos Sobre
Como escolher a relva Curiosidades sobre relva Decoração de exterior Grama brasileira Infos Relva Artificial Infos Relva Natural Instalação do relvado Jardins Manutenção do relvado Plantas Problemas no relvado Relva artificial Relva e animais domésticos Relva natural Sebes naturais Sustentabilidade Tendências Varandas e terraços

Produtos Mais Vendidos

grama_relva brasileira_relva de são carlos_Grass4you
Grass Food fertilizante granulado Grass4you_Adubo para relva
Mistura de sementes de relva natural_Grass4you

 

Se o seu jardim tem um solo argiloso pesado, sabe o desafio que isso pode representar para as plantas, isto sem falar nos jardineiros que o trabalham.

 

A argila pesada drena lentamente, o que significa que permanece saturada por mais tempo após a chuva ou a irrigação. Quando o sol finalmente descobre e o solo seca, forma uma superfície dura e com diversas fendas.

 

O lado positivo, é que os solos argilosos são geralmente mais ricos em nutrientes do que os solos arenosos e a tendência da argila para a retenção da água também pode ser vista como uma vantagem.

 

Aqui estão algumas DICAS para tornar o solo argiloso mais manejável e fácil de trabalhar:

 

 

 

  • Teste o pH do solo e corrija.

Os solos argilosos são ricos em nutrientes, mas se o solo for muito ácido ou muito alcalino, esses nutrientes não estarão disponíveis para as plantas. Use um kit de teste caseiro ou envie uma amostra do solo para um laboratório e siga as recomendações para ajustar o pH.

Para a maioria das plantas de jardim, um pH neutro a pouco ácido (ente 6 e 7) é o ideal.

 

 

 

Matéria orgânica

 

 

 

  • Adicione matéria orgânica.

Esta prática ajuda a melhorar a drenagem e aligeirar o solo pesado.

A maioria dos materiais orgânicos pode absorver e depois libertar, lentamente, a humidade. Logo melhora a quantidade de água disponível no solo.

Pode também melhorar a o arejamento, particularmente o material orgânico mais grosseiro, além de fornecer nutrientes para os microrganismos benéficos do solo que, por sua vez, também ajudam a melhorar o solo.

Antes de plantar na primavera, adicione composto e estrume bem curtido. Uma camada de 2 a 4 cm trabalhada no solo até a profundidade da pá é uma boa quantidade.

Ao longo da estação de crescimento, cubra com materiais orgânicos, como aparas de relva, folhas trituradas ou composto adicional. Como os microrganismos do solo literalmente "comem" matéria orgânica, crie o hábito de adicioná-los continuamente ao solo.

 

 

 

  • Adicione uma camada de areia.

Esta prática também ajuda a melhorar a drenagem e aligeirar o solo pesado.

Quanto mais arenoso for o solo, maiores as partículas e consequentemente maior a drenagem, isto é ótimo para o movimento da água e o arejamento.

Incorpore a areia bem com a argila utilizando uma máquina para revolver o solo.

Tenha como referência um metro cúbico de areia sobre uma área de 9 m².

 

 

Areia e argila

 

 

 

  • Construa camas de cultura elevadas.

Como os solos argilosos retêm a água, a criação de camas de cultura ou  canteiros elevados pode ajudar a melhorar a drenagem, estimulando o escoamento da água.

Os canteiros elevados podem ser um simples monte de terra ou podem ser construídos com madeira, tijolo ou pedra. Para diminuir a compactação, dimensione os canteiros de modo que possa chegar ao meio deste sem o pisar.

 

 

  • Camas de palha durante o inverno.

As chuvas torrenciais podem compactar o solo nu, portanto, mantenha os canteiros cobertos com matéria orgânica durante a estação de crescimento e durante o inverno.

Uma camada de palha sobre os canteiros protegerá o solo da compactação e reduzirá a erosão; também pode ajudar a minimizar o crescimento de ervas daninhas. Na primavera, transfira a cobertura para outro lugar.

 

 

Camas de cultura elevadas

 

 

 

  • Plante uma cultura de cobertura.

Uma cultura de cobertura é como uma cobertura viva. Diferentes culturas de cobertura são apropriadas para diferentes regiões.

As plantas de cobertura são constituídas por misturas de espécies, que incluem sobretudo as leguminosas e gramíneas com o intuito de reciclar nutrientes do solo e de fixar o azoto atmosférico, cobrir o solo, conservar a água no solo, diminuir a competição de plantas indesejadas e impedir processos de erosão do solo.

 

Deixe um comentário

Tenha em consideração que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos.