Artigos Sobre

Artigos Sobre
Como escolher a relva Grama brasileira Info Alimentador de Borboletas Infos Compostagem Infos Grama Brasileira Infos GRASS4PETS Infos Relva Artificial Infos Relva Natural Instalação do relvado Manutenção do relvado Relva e animais domésticos Relva natural Tendências

Produtos Mais Vendidos

Grass FOOD (adubo) - grass4you
Grama Brasileira _Grama São Carlos

Grama Brasileira

€80.00

Grass REPAIR (mistura de sementes)
Grass FOOD (adubos) - grass4you

As indicações seguintes são recomendações genéricas e podem necessitar de ajustes específicos, seja em função:

  • Das condições climatéricas (por ex. dias muito quentes podem exigir rega extra);
  • Das características do solo (por ex. um solo argiloso pode precisar de uma dotação mais elevada) ou do próprio equipamento que escolheu para regar o seu relvado.

Rega após Colocação

Primeiros cuidados (durante os 7 dias que se seguem à colocação):

  • Regue bem o seu relvado, certificando-se que os primeiros 2cm de solo estão sempre bem húmidos:
  • Frequência: 3X por dia (8-12mm/dia);
  • Horários recomendados: 6h30, 14h30, 18h30.

 

Rega pós Colocação

Uma vez instalada a relva e com enraizamento ativo (7 - 15 dias), dever-se-á baixar a dotação de rega executada no período inicial (uma vez que o excesso de água poderá conduzir a um abrandamento do enraizamento bem como ao desenvolvimento de algas e/ou musgos à superfície do relvado).

Manutenção geral (após os primeiros 7 dias):

  • Regue o seu relvado, ajustando a dotação de rega para as diferentes estações do ano, segundo os valores de referência:
    • Primavera e Outono (sem chuva): 1X por dia (4mm/dia)
    • Verão: 2X por dia (6-8mm/dia);
    • Inverno (sem chuva): 1X por semana (4mm/semana).
  • Horários recomendados: 1X por dia (6h30), 2X por dia(6h30 e 18h30).

A uniformidade de distribuição é crucial para a correta instalação da relva em tapete uma vez que esta encontra-se adulta apenas na parte aérea já que o seu sistema radicular ficou reduzido na recolha à espessura do tapete.

Assim, deve estar bem presente a suscetibilidade da relva ao stress hídrico, pelo que se aconselha a uma avaliação da eficácia da distribuição pluviométrica dos sistemas de rega pela colocação de pluviómetros.